O CASTELO DAS ARTES

O CASTELO DAS ARTES
Apresenta

domingo, 3 de junho de 2007

Canoa Quebrada fotos e festas

       
                                 Jura show com músico Manassés no Restaurante Evolução e Wallayê -                         Canoa Quebrada   1989/2009

                                                              Pinturas nos bares de Canoa- murais Jura Montenegro 2006

              Mural de caricatiras com personagens alegóricos de Canoa- 1995- Juracy Montenegro


                                               Minhas belas netas, simpáticas e bem educadas



                                               Minha neta Yasmine na praia no sul da França 2010





                                                                  Minha filha Lilian em Genebra
                                                                        minha netinha Tainá

                                                             minha netinha Yasmim  2009








Paulo Rogério se veste de Nero ....todos os anos com a mesma fantasia, mas inova sempre no visual

                                                                              Foliões da Festa

A tradicional Festa da Fantasia 2009 -  Canoa Quebrada- A festa do  Paulo Rogério  no seu vigésimo nono ano acontece todos dias 06 de janeiro !

Visão parcial de Canoa quebrada durante as chuvas  2008 - impacto do lençol freático sobre asdunas                             móveis


          Dunas da Ponta Grossa a 35 km de Canoa Quebrada- Area de preservação Ambiental - Ceará


                                            Jura visita turbinas eólicas de Canoa Quebrada 2010
                               Marcelo e Jura tocam MPB  no hotel para  Zezé Di Camargo & banda 2010



O exótico Refúgio Dourado é uma pousada situada num lugar explendoroso na praia de Majorlândia . O lugar possui uma brisa magnífica com vista para Ponta Grossa no município vizinho chamado Icapuí.O Doutor Heitor Dourado paraense é um profundo conhecedor da medicina tropical, conceituado no Brasil e no exterior .  Seu empenho no conhecimento aprofundado sobre a flora e fauna no país . Simplesmente Dourado para os mais íntimos e amigos ! Instalou-se na região ao chegar na região em 1994 , ficou tão fascinado ao sentir o frescor e a beleza daquele lugar e teve então a idéia de criar um espaço diferente ,com muita arte e bom gosto. O mestre Toinho um grande escultor nativo de Majorlândia esculpiu as , da família precussora das artes das garrafas de areia colorida pôs se a esculpir as falésias no interior de sua propriedade , compôs cenas bíblicas onde animais pré-históricos, sereias, anfi-teatro viram algo surreal.. A partir da metade da década de 90 os turistas passaram visitar essa exposição viva da arte local dentro dos quartos e ao redor da pousada . Bravoooo ! Toinho Bravo! Dourado!  texto: Juracy Montenegro
                                                               Dourado em Canoa no castelo

Jura com Dr. |Dourado em Majorlândia



































































































rasA maior, a mais famosa e a mais antiga festa de Canoa Quebrada : " VIVA OS REIS", assim batizada pelo seu criador. Foi popularizada nos anos 80 como a "Festa da Fantasia" ou a Festa do Paulo Rogério; indiscultívelmente a mais bela de Canoa Quebrada e Região e talvez seja uma das versões mais ricas do dia dos Três Reis Magos existentes no país. "VIVA os REIS" é a que reúne verdadeiramente todas as "tribos" devido ao forte cosmopolitismo, migrantes, turistas e nativos; nela as pessoas se transformam é um tremendo caldeirão de culturas, uma harmoniosa e explosiva "Colisão Cultural"! Viva os reis traz peculiaridades além dos virtuosos foliões que encarnam a rigor suas fantasias e personagens. O excelente "Repertório Musical" de Paulo Rogério é de extremo bom gosto trazendo em sua maioria músicas inéditas ( 80% nunca ouviram !! ) , são interrompidas por mixagens bizarras fazendo os foliões viajarem e irem ao delírio através das décadas, milênios e passando por diversas culturas...."VIVA os REIS"!!! Há um detalhe curioso: não há exibição de Música TECNO e nem REGGAE. Tudo isso sem repetir música nenhuma, e assim nesse belíssimo BAL MASQUÉ o som rola madrugada adentro e vai até os últimos dos foliões se cansarem (normalmente prá lá do meio dia!!). "VIVA OS REIS" é também um verdadeiro LIVRO MUSICAL.http://www.canoanews.mus.br e www.canoarte.net

Um comentário:

Mapa Canoa News disse...

Acho que o intuíto de Aldo Rabelo não foi de forma alguma exagerado, pelo que entendí ..estamos sendo constantemente sendo bombardeados por publicidades em inglês ,francês etc..isso deve se à globalização que tende afunilar, padronizar o mundo e fundir culturas ou exterminar as minorias. Há vantagens e desvantagens depende apenas do ponto de vista de cada um. Muitas palavras estrangeiras foram e estão sendo abrasileiradas de maneira correta ou incorreta devido à dinâmica nas comunicações no mundo contemporâneo.As palavras são às vezes absurdamente alteradas mudando às vezes o seu sentido verdadeiro como é o caso da palavra francesa ABAJOUR,que em francês significa apenas o nome da peça que fica ao redor da lâmpada e ao passo que em nosso país Abajour é o nome da peça inteira com a lâpada, o envólucro e a parte eletríca!!¨isso já acontecia muito em nosso país no início do século quando a língua francesa era mais difundida que o inglês. Mas por falta de regras nos deixamos levar pelas marcas , indústrias.A primeira vez que fui à Portugal pedí uma Gillete no super mercado e demorou instantes para eles decifrarem o que eu estava pedindo , obviamente eu não usei a palavra LÂMINA!! Nesse caso foi ainda pior a marca tomou conta da palavra,virou sinônimo popular em nosso idioma, o caos linguístico terrível. O que Aldo Rabelo quer sobretudo é não ser radical...é deixar nossa lingua aparecer , aflorar , emergir diante de tantos estrangeirismos ,e consequentemente podermos dizer "Lâminas da Gillete", "talvez sómente nas próximas gerações"!!Os nomes na mesma proporção e tamanho também são fundamentais..Tendo em vista que na Suiça os produtos são escritos sempre na mesma proporção nos tres idiomas nacionas. Mais uma vez acho que a intenção de Aldo Rabelo chegou em boa hora, seguindo o que já aconteceu em outros países, preservar nossa lingua escrita é fundamental e deixar a opção para a lingua falada, isso sim é DEMOCRACIA!!!Valeu Bicho! abraços de (Juracy Montenegro) Jura de Canoa Quebrada www.canoanews.mus.br http://br.youtube.com/watch?v=8U4FGEzMou0